T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

A ‘presidenta’ Janja e o ditador; Janja anuncia nas redes sociais ‘retomada’ das relações com Venezuela

Compartilhe:

A primeira-dama Janja usou as redes sociais nesta segunda-feira, 29, para anunciar a retomada das relações entre o Brasil e a ditadura venezuelana. Ela comemorou a visita do ditador Nicolás Maduro e da mulher dele, Cilia Flores. “O encontro dos presidentes marca a retomada da relação entre os dois países”, escreveu.

Janja recepcionou o ditador mais cedo, ao lado de Lula, no Palácio do Planalto. Ela posou para foto ao lado deles. A imagem foi compartilhada por ela nas redes sociais.

Mais cedo, a primeira-dama usou o Twitter para queixar-se da imprensa. Janja ironizou reportagens publicadas durante o fim de semana que a acusam de monopolizar a agenda de Lula. Na publicação ela afirmou: “Depois do final de semana regado a puro suco de misoginia, que a semana comece com muita energia boa pra todo mundo.”

Governança de Janja incomoda até o PT e aliados

O gosto por holofotes e uma pessoa com perfil controlador são algumas das características da primeira-dama, Janja. A descrição, inclusive consta no livro Janja – A Militante que se Tornou Primeira-Dama, de Ciça Guedes e Murilo Fiuza de Melo.

Só que o ativismo dentro do governo não tem passado despercebido, nem mesmo de aliados de Luiz Inácio Lula da Silva. As reclamações quanto ao comportamento da primeira-dama são constantes.

Na semana em que o governo acumulou derrotas na Câmara dos Deputados, Lula reuniu ministros e líderes partidários e ouviu deles que precisa se envolver pessoalmente na articulação política.

No entanto, uma das queixas mais comuns é quanto ao comportamento de Janja, conforme revelou Malu Gaspar, em O Globo, em 27 de maio. “Um dos entraves para que ele tenha um contato mais próximo com a classe política é o fato de que a primeira-dama bloqueia a agenda nos horários de almoço, porque é hora de descanso.”

Segundo a coluna de Lauro Jardim, em O Globo, um ministro reclamou da falta de espaço nas agendas de Lula, principalmente no horário do almoço. “Ela monopolizou essa refeição e a faz a sós com o presidente praticamente todos os dias em que ele está em Brasília.”

Um auxiliar reclamou: “Em outros tempos, esses horários mais livres iam para as conversas políticas”, queixou-se. “Mas agora a gente não consegue, porque ele está viajando muito e quando está em Brasília a Janja toma conta”, acrescentou ao jornal O Globo.

Janja também vetou a presença de parlamentares em viagens com o casal no avião presidencial. A primeira-dama também não aceitou a ideia de abrir o Palácio da Alvorada para caravanas de políticos — algo que fazia parte da rotina de Lula no primeiro e no segundo mandato.

Leia também

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h