T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Adido do USDA em Brasília reduz em 3,90% a estimativa da safra 2023/24, para 152.6 milhões de toneladas

Compartilhe:

O Brasil deve colher 152.6 milhões de toneladas de soja na safra 2023/24, segundo estimativa do Adido do USDA em Brasília (DF). A estimativa representa uma queda de 3,90% em relação a anterior, de janeiro, de 158.5 milhões de toneladas. O volume está abaixo do estimado para a safra 2022/23, de 162 milhões de toneladas, e para a safra 2024/25, de 157.5 milhões de toneladas.
O Adido do USDA em Brasília manteve a estimativa da área plantada da oleaginosa em 45.2 milhões de hectares em 2023/24, pouco abaixo da estimada para 2024/25, de 45.6 milhões de hectares, mas acima dos 44,6 milhões de hectares de 2022/23. Além disso, a estimativa de produtividade para a safra 2023/24 foi reduzida para 3.376 quilos por hectare, menor do que a estimada para a safra anterior, de 3.632 quilos por hectare, e abaixo da estimativa para a próxima safra, de 3.450 quilos por hectare.
Quanto às exportações, o País deve embarcar 95 milhões de toneladas em 2023/24, 5% abaixo da estimativa anterior, de 100 milhões de toneladas. O volume fica 9% abaixo das 103.9 milhões de toneladas exportadas em 2022/23. O Adido do USDA atribuiu a redução à “menor produção estimada devido ao mau tempo no fim do ano passado e ao aumento da demanda doméstica, impulsionada por uma maior demanda de biocombustíveis”. Para 2024/25, contudo, a estimativa é de que as exportações totalizem 99 milhões de toneladas, com uma demanda internacional sólida.
Segundo o Adido do USDA, o esmagamento deverá totalizar 54.5 milhões de toneladas em 2023/24, queda de 3% em relação a estimativa anterior. O volume é ligeiramente maior que a estimativa para 2022/2023, de 54.2 milhões de toneladas, mas abaixo das 55 milhões de toneladas estimadas para 2024/25. A produção de farelo deve ser de 42.3 milhões de toneladas em 2023/24, contra estimativas de 42 milhões de toneladas em 2022/23 e de 42.6 milhões de toneladas em 2024/25. Já a produção do óleo de soja deve ser de 10.5 milhões de toneladas na temporada atual, enquanto em 2022/23 a estimativa é de 10.4 milhões de toneladas e a de 2024/25 é de 10.6 milhões de toneladas.

Broadcast Agro

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h