T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Arrematação judicial da fazenda não interrompe o arrendamento, informa o Advogado do Agro

Um produtor rural que arrenda uma fazenda pode se perguntar o que acontece com o contrato de arrendamento se o imóvel for arrematado em um leilão judicial. O advogado do agro, Juliano Kelly, explica que, em casos de alienação ou transmissão da propriedade, inclusive em alienação judicial por meio de leilão, o contrato de arrendamento não é interrompido.

O credor do proprietário passa a ser o novo proprietário do imóvel e deve respeitar o contrato de arrendamento, pois ele tem as mesmas obrigações e os mesmos direitos do antigo proprietário. Em conclusão, o contrato de arrendamento permanece firme, válido e valioso e deve ser respeitado até o final.

Veja o comentário completo do Advogado do Agro no vídeo abaixo:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h