T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Arroz segue em alta forte, Feijão mantendo calmaria

Compartilhe:

O mercado de arroz segue firme e em alta, com preços variando de 90 reais na fronteira Oeste até 95 ou 96 reais. Já há comentários de arroz nobre na faixa de 100 reais na faixa litorânea. O pessoal quer vender a 100 reais na fronteira Oeste e o arroz no Tocantins está acima de 120 reais, mas é importante lembrar que lá a saca é de 60 quilos, enquanto no Rio Grande do Sul é de 50 quilos. O mercado está escasso de vendedor e pressionado para cima, então é provável que haja um repasse para o consumidor e que o preço do arroz aumente ainda mais.

Com relação ao feijão, temos duas situações. O feijão carioca continua lento, com oferta e demanda bem pontual. Ele não consegue decolar e hoje varia de 195 reais para o feijão mais comercial tipo sete até 260 reais para um feijão mais nobre tipo nove ou nove e meio. O vendedor quer mais, mas ainda há uma oferta grande da safra.

Já o feijão preto segue forte, com pouca oferta no mercado. Quem tem está segurando e os preços variam de 220 a até 300 reais na casa do empacotador. Portanto, para fazer uma feijoada com feijão preto, você vai pagar mais caro do que com o feijão carioca, que tradicionalmente vale mais.

Veja o comentário sobre o Arroz e Feijão com Vlamir Brandalizze:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h