T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Boi gordo pelo mundo. Como estão os negócios e a pecuária de corte em outros países

Compartilhe:

Celso Ricardo, comenta sobre a desvalorização da carne brasileira no mercado mundial. Apesar de ser o maior exportador de carne do mundo e ter o maior rebanho bovino comercial do mundo, a carne brasileira é desvalorizada entre vinte e quarenta por cento quando comparada com os países exportadores de carne pelo mundo.

Segundo Celso Ricardo, o rebanho bovino brasileiro tem quantidade, mas não tem qualidade. No Brasil, não se consegue abater uma semana de animais de alta qualidade. O pecuarista brasileiro, diante de um cenário desfavorável que não qualifica ou ressarce com um preço pela arroba do boi no mínimo aceitável, deixa de investir em genética, manejo de alimentação e outras medidas para ter uma carne com bom marmoreio e uma carcaça sem contusão.

Ricardo afirma que o pecuarista brasileiro está cada vez mais refém dos grandes frigoríficos e dos cartéis, sem poder ter uma voz ativa ou algum momento de reação. Ele cita como referência os Estados Unidos, que têm metade do rebanho bovino brasileiro e tratam a pecuária de corte com respeito. Em países que buscam a excelência na produção de carnes, a pecuária de corte tem muita importância e voz dentro da cadeia produtiva e do governo.

Veja o quadro Bastidores da Pecuária com Celso Ricardo na íntegra no vídeo abaixo:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h