T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Borboletas, soja e carne: benefício universal, inclusão e globalização no Brasil

Yu Peng

Cônsul-geral da China em São Paulo

Na era atual da globalização, as economias globais são intimamente interligadas e solidárias umas com as outras, e nenhum país pode simplesmente observar a crise

“O bater de asas de uma borboleta na floresta amazônica pode causar um tornado no Texas duas semanas depois.” Essa é uma frase que acredito que todos nós já ouvimos.

Nos anos recentes, ocorreram diversos casos de “efeito borboleta” na economia mundial. Uma simples ideia de Jack Dorsey desencadeou transformações significativas no setor das redes sociais e contribuiu para a ascensão de um septuagenário empresário até a presidência dos Estados Unidos.

Enquanto isso, as políticas comerciais protecionistas adotadas por este empresário beneficiaram o Brasil, país que preza pela abertura e cooperação, tornando-o o maior exportador de soja no mundo.

Navio de soja é carregado no berço do cais do Porto de Paranaguá (PR) – La Imagem/Fotoarena/Folhapress

Por outro lado, o conflito dos houthis do Iêmen contra os Estados Unidos e o Reino Unido no Mar Vermelho resultou em um aumento de um terço nos custos de transporte marítimo ao redor do mundo, impactando diretamente a segurança e estabilidade da cadeia de suprimentos internacional.

Na era atual da globalização econômica, as economias globais são intimamente interligadas e solidárias umas com as outras, e nenhum país pode simplesmente observar a crise em outro lugar. Alguns países não param de se dissociar e romper a cadeia, construindo barreiras. Isso é totalmente contrário à tendência global, de forma que tais países podem acabar se prejudicando por conta disso.

A China e o Brasil, como as maiores economias dos hemisférios leste e oeste e importantes mercados emergentes, têm a responsabilidade de se posicionar, lado a lado, contra o protecionismo comercial e em favor do desenvolvimento da globalização econômica

Então que tipo de globalização deve ser promovida? Essa é a pergunta que devemos responder juntos. A meu ver, a resposta pode ser resumida em dois pontos: abertura e inclusão, e uma situação em que todos saiam ganhando.

A tradição compartilhada pelas culturas chinesa e brasileira destaca a importância da abertura e inclusão. Um poema antigo da China diz: “O que mantém a lagoa tão limpa? É a água que flui constantemente para ela.” Isso significa que é essencial absorver constantemente novidades para manter a vitalidade, caso contrário, perderemos o dinamismo. Esse princípio é válido não apenas para a água, mas também para a economia.

Um país só prospera se estiver aberto e receptivo à integração de novos recursos, tecnologias e ideias, buscando novas parcerias. A política de reforma e abertura foi fundamental para a China alcançar um desenvolvimento equivalente a 200 anos do Ocidente em apenas 40 anos, tornando-se a segunda maior economia mundial.

De acordo com o famoso ditado brasileiro: “Quem não arrisca, não petisca”. Logo, participar da economia global não seria uma tarefa corajosa? Gerações de brasileiros têm se envolvido ativamente na cooperação e competição internacionais, sempre em busca de novas oportunidades e contribuindo para a próspera economia do país.

A cooperação mutuamente benéfica também é uma tradição notável da cooperação pragmática entre a China e o Brasil. Ambos os países seguiram o princípio do respeito mútuo e benefício recíproco para expandir as oportunidades de negócios. O estado de São Paulo inaugurou seu primeiro escritório fora do país em Xangai visando maior cooperação econômica e comercial.

A Vale e o China Baowu Steel Group estão trabalhando juntos para avançar na tecnologia de aço de baixo carbono, o que contribuirá para o alcance das metas de redução de emissão de carbono de ambos os países. Para atender à crescente demanda de transporte de celulose da empresa brasileira Suzano, a COSCO Shipping construiu recentemente seis transportadores especiais para a celulose da Suzano.

Entre eles, destaca-se o Green Santos, com capacidade de até 77 mil toneladas, sendo o maior navio desse tipo atualmente em operação no mundo. Desde a aquisição do Terminal de Contêineres de Paranaguá pelo China Merchants Group em 2018, houve uma ampliação na capacidade do porto, tornando-o o principal terminal de exportação de carne de aves do Brasil.

Há poucas semanas, o navio COSCO Shipping Brazil fez a sua primeira viagem e atracou no porto de Paranaguá. Este navio é o maior e com mais contêineres refrigerados na rota, e será responsável por transportar mais carne bovina brasileira de alta qualidade para a China e outros países asiáticos. O vice-governador do Paraná, Darci Piana, destacou que esse acontecimento é extremamente positivo para a população local, entre muitos outros casos semelhantes. A lista é infinita.

A abertura inclusiva é a premissa e a base da situação ganha-ganha, e a situação ganha-ganha é o objetivo e o impulso interno da abertura inclusiva. Ambas são fundamentais para o progresso constante da cooperação econômica e comercial entre a China e o Brasil, unindo-os firmemente os dois países geograficamente distantes e fortalecendo sua parceria estratégica global com futuro compartilhado.

Acredita-se que, com o desenvolvimento contínuo das economias chinesa e brasileira e o aprofundamento de sua cooperação pragmática, mais parceiros com ideias semelhantes serão atraídos a se juntar a nós no futuro. Assim, poderemos aumentar a resiliência e vitalidade de nossas economias no contexto da globalização econômica inclusiva, salvaguardar a estabilidade do mercado internacional e dar as mãos para construir um mundo aberto, inclusivo e próspero em conjunto.

Folha de São Paulo

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h