T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

China compra soja dos EUA diante da firmeza dos preços no Brasil

Compartilhe:

Importadores chineses teriam comprado pelo menos dois carregamentos de soja dos Estados Unidos nos últimos dias, disseram traders da Europa e dos EUA na terça-feira (21), à Reuters.
O volume exato não ficou claro.
Um trader europeu disse que dois cargos de cerca de 65.000 toneladas cada foram compradas para embarque em julho.
Um segundo trader europeu disse que dois cargos foram comprados na segunda-feira, também para embarque em julho, na Costa Noroeste do Pacífico dos EUA, e se acredita que o comprador seja uma estatal chinesa que compra para os estoques.
O ritmo de compra de soja dos EUA pela China caiu este ano, já que o maior comprador de soja do mundo tem se voltado cada vez mais para suprimentos mais baratos da América do Sul. O USDA também não informou nenhuma venda de soja dos EUA para a China para o ano comercial de 2024/25, segundo dados da agência.
Tradicionalmente, o Brasil exporta grande parte de sua safra de soja de março a junho. Neste ano, as enchentes no Rio Grande do Sul, importante Estado produtor, interromperam a colheita desta temporada, reduzindo as estimativas de produção de soja do Estado e levaram a perdas na indústria de carnes.
E, nas últimas três semanas, os prêmios das exportações da soja brasileira subiram, levando os compradores a procurar negócios em outros mercados.
“Os prêmios das exportações brasileiras estão se firmando acentuadamente na medida em que a temporada de exportação passa do pico, de modo que a soja dos EUA parece mais atraente”, disse um trader europeu. “Isso está abrindo uma janela para os EUA, mas os chineses ainda estão comprando no Brasil.”
As importações chinesas de soja do Brasil aumentaram 11,70% em abril em relação ao ano anterior, uma vez que os grãos da nova safra do Brasil continuam a chegar aos portos chineses, mostraram dados do Departamento de Alfândegas da China (GACC) na segunda-feira.
Enquanto isso, as importações chinesas de soja dos EUA nos primeiros quatro meses do ano caíram 40% em relação ao ano anterior.

Forbes/Reuters

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h