T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Depender do Plano Safra é correr atrás do próprio rabo com juros de mercado, afirma Bellinelo

Compartilhe:

A falta de instrução adequada sobre comercialização agrícola no Brasil tem levado os agricultores a dependerem cada vez mais do Plano Safra. Diferentemente dos Estados Unidos, onde esse tipo de programa não é necessário, os agricultores brasileiros se veem obrigados a buscar financiamento para suas atividades, enfrentando taxas de juros elevadas. A questão afeta diretamente o setor agropecuário, dificultando seu crescimento e impactando negativamente os produtores.

As altas taxas de juros resultam em dificuldades para os agricultores adquirirem equipamentos e insumos, bem como para obterem financiamento no mercado. O dinheiro que poderia estar sendo investido diretamente nas atividades agrícolas acaba sendo destinado aos bancos, que se beneficiam dessas taxas. É importante ressaltar que os bancos são os principais financiadores da dívida pública brasileira, utilizando os recursos captados para emprestar ao governo, em vez de direcioná-los aos produtores rurais.

A dependência dos agricultores em relação ao Plano Safra e as altas taxas de juros representam desafios significativos para o setor agropecuário brasileiro, limitando seu potencial de crescimento e desenvolvimento. Medidas efetivas devem ser tomadas para melhorar as condições financeiras dos agricultores, permitindo que invistam em suas atividades de forma mais sustentável e rentável.

Veja o comentário completo de Maúricio Bellinelo:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h