T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Dólar: produtor deve ficar atento e observar novo patamar da moeda norte-americana. O que fazer?

Em meio às discussões sobre a possível alta nos Estados Unidos, a expectativa é de um aumento de apenas 0,25%, um cenário que ainda gera dúvidas. A mudança de 5,25% para 5,5% teria um impacto significativo. No Brasil, a tendência é de queda, que pode ocorrer antes do final do ano, seguindo a tendência dos EUA. A previsão é que essa queda continue até o final do próximo ano.

A expectativa é que, até o final deste ciclo de queda, o dólar possa chegar a 4,50. No entanto, é importante lembrar que a maior parte da queda do dólar já ocorreu. Isso é crucial para aqueles que estão atrelados ao preço da soja de 200 reais, pois esse valor só foi alcançado quando o dólar estava a 5,50. Com o dólar a 4,80, seria necessário que a soja chegasse a 18 para atingir os 200 reais.

Portanto, aqueles que estão ancorados no preço do ano passado devem ter cautela, pois o dólar já não está no mesmo patamar.

Veja o vídeo na íntegra:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h