T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

EDITORIAL – Procurando culpados

Compartilhe:

Não é o supermercado que aumenta preços, eles não são os causadores de inflação.
O aumento de preços é consequência, e não a causa da inflação, isso é básico na ciência econômica.
E também não é o Banco Central e muitos menos os bancos que aumentam os juros.
O que faz aumentar a inflação e os juros, é a emissão de dinheiro, a ponto de haver mais moeda em circulação do que necessita a economia, e quem emite dinheiro é o governo central.
O sistema financeiro calcula a cobrança de juros, baseado na capacidade de pagamento do tomador, se o governo, que é o tomador, precisa de recursos ad eternum, a capacidade de pagamentos futuros fica comprometida, e o credor vai exigir mais juros pelo maior risco.
Então, o credor determina os juros baseado no risco do tomador.
E os Bancos Centrais, tomam decisões monetárias, baseadas na condução da política fiscal, que é de competência política, portanto, dos governos.
O exagerado endividamento público, o excesso de emissão de moeda, é a principal causa de inflação, e o aumento de preços para o consumidor é a consequência, e não a causa.
E inflação significa, por óbvio, aumento de juros, portanto, o sistema financeiro não é culpado do aumento de juros.
Bancos Centrais, e bancos privados não emitem dinheiro, só governos emitem moeda.
Portanto, o causador de inflação é o governo, principalmente os irresponsáveis na condução da política fiscal.
E a julgar pelo pensamento econômico do governo federal, pelas declarações do Presidente da República, e o desespero por arrecadação, os juros vão subir, haja vista que as taxas futuras já estão com tendência de alta, e até modestas, dadas as posições do governo, que quer culpar o presidente do Banco Central pela irresponsabilidade na condução das políticas fiscais.
Ficar procurando culpados pelos próprios erros, é coisa de adolescente que foi pego com a mão na cumbuca, não tem desculpas e tenta se justificar culpando terceiros a torto e a direito, ora culpa um, ora culpa outro.
Um país, uma nação, não pode ser conduzida com irresponsabilidade nas contas públicas.
Para se construir uma imagem positiva de bom pagador, demora se décadas, mas para por tudo a perder, é bem rápido, demora apenas dezoito meses, só um ano e meio.

T&D

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h