T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Governo joga a toalha sobre inflação na meta, mas mantém previsão sobre queda da Selic

(FOLHA) – O governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) jogou a toalha quanto a cumprir a meta de inflação deste ano, após o repique provocado pela alta no preço dos combustíveis.

A área econômica agora trabalha com um índice próximo de 5%, em linha com a última previsão do boletim Focus, do Banco Central, de 4,9%.

A meta de inflação para 2023 é de 3,25%, com 1,5 ponto percentual de margem de tolerância, levando o teto do índice para 4,75%, portanto.

A trajetória de queda verificada nos últimos meses levou a cenários em que o índice poderia ficar dentro da meta, mas os últimos dados divulgados tornaram a possibilidade irreal, segundo o governo.

A alteração não muda, no entanto, a avaliação de que o ritmo de queda na taxa Selic será mantido, provavelmente em 0,50 ponto percentual a cada reunião.

Tampouco há preocupação com as sucessivas quedas na Bolsa de Valores e a alta do dólar. O que gera incerteza no governo é o cenário internacional, especialmente a situação dos EUA e da China, cuja economia pode se desacelerar.

A projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) foi mantida em 2,5% neste ano e de 2,3% em 2024.

 

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h