T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Governo publica decreto que revoga programa de escolas cívico-militares

Compartilhe:

(UOL) – O governo Lula publicou hoje o decreto que revoga o programa de escolas cívico-militares.

O decreto prevê que o MEC (Ministério da Educação) tem 30 dias para elaborar um plano de transição para o encerramento das atividades do programa. A medida será discutida com estados e municípios.

O texto publicado na edição de hoje do DOU (Diário Oficial da União) é assinado pelo vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) porque Lula (PT) estava em Bruxelas. Também assina o decreto o ministro da Educação, Camilo Santana (PT).

O programa surgiu no governo de Jair Bolsonaro (PL) e autorizava a transformação de escolas públicas em cívico-militares. A gestão das escolas era feita por militares.

Após o governo Lula anunciar o fim do programa, alguns estados anunciaram a criação de programas próprios. É o caso de São Paulo.

A revogação do programa significa que as escolas cívico-militares serão reintegradas ao formato regular. Para o governo Lula, o programa de Bolsonaro desvia a finalidade das Forças Armadas.

Em documento enviado aos secretários de Educação, o MEC pede aos secretários que a transição seja cuidadosa para não atrapalhar o “cotidiano das escolas e as conquistas de organização que foram mobilizadas pelo programa”.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h