T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Lula responde ao jornal francês que o chamou de ‘decepção’

Compartilhe:

O presidente Lula minimizou as contundentes críticas do jornal francês Libération, que o chamou de “decepção” e de “falso amigo do Ocidente”. As declarações em resposta ao jornal foram feitas em entrevista à imprensa no sábado 24.

Lula afirmou que entende as críticas em relação ao posicionamento do Brasil sobre a guerra na Ucrânia. “Eles estão no centro da guerra e eu estou a 14 mil quilômetros de distância. Então é muito normal que eles estejam muito mais nervosos.”

Ele disse que o Brasil condena a invasão da Ucrânia pela Rússia, mas, agora, defende a paz. “Não vou ficar fomentando a guerra. Quero criar condições para que os 2 países sentem [para negociar]. Eles não querem sentar porque cada um está achando que vai ganhar, mas em algum momento eles vão sentar e vão precisar de interlocutores com muita responsabilidade para tentar negociar, e o Brasil está participando [disso]”.

Anteriormente, em várias entrevistas, Lula considerou ambos os países – Rússia e Ucrânia – igualmente culpados. O presidente disse, ainda, que a diplomacia brasileira trabalha pela paz. Segundo ele, o chefe da Assessoria Especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Celso Amorim, esteve na Dinamarca discutindo o assunto.

Lula foi capa do jornal francês que o chamou de ‘decepção’

Lula decepção
Jornal Libération chamou Lula de ‘decepção’ em reportagem de capa | Foto: Reprodução

Lula foi capa da edição da sexta-feira 23 do Libération, com a manchete: Lula, a decepção. “O presidente brasileiro não é o precioso aliado que imaginávamos, especialmente quando se trata de ostracizar o novo pária do Ocidente: a Rússia, culpada de uma invasão intolerável da Ucrânia”, disse o jornal.

O texto destacou que, no cenário internacional, Lula era esperado como um “messias”, mas não passou de uma miragem ou uma imagem embaçada.

A reportagem também criticou Lula por receber, com pompas e honrarias, o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, no fim de maio. O jornal questiona se Lula não tem conhecimento dos abusos cometidos na “República Bolivariana do Autoritarismo”.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h