T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Não desperdice seu dinheiro pagando juros a mais do que os devidos, orienta o doutor Juliano Quelho

Compartilhe:

Um desafio enfrentado pelos produtores rurais são os juros cobrados pelas cooperativas de crédito. No entanto, é importante lembrar que existem direitos que podem fazer a diferença. Juliano Kevin, advogado do Agro, alerta que, ao contratar empréstimos para desenvolver atividades rurais, as cooperativas têm cobrado juros elevados, alegando que o empréstimo foi feito com recursos próprios e que, portanto, as taxas seriam livres. No entanto, a lei e os tribunais brasileiros são claros: no crédito rural, a taxa máxima de juros remuneratórios é de 12% ao ano e, em caso de mora, não podem ser cobrados mais do que 1% ao ano de juros.

É importante valorizar o trabalho e garantir que cada centavo produzido vá para o bolso do produtor rural, em vez de ser desperdiçado. Portanto, é fundamental estar atento aos seus direitos e não pagar mais do que o devido.

Veja o quadro Advogado do Agro completo no vídeo abaixo:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h