T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Pecuarista, salve-se! Sua sobrevivência é mais importante do que seu relacionamento com o banco.

Juliano Quelho, advogado do agro e filho de veterinário e pecuarista, entende perfeitamente como os pecuaristas estão sendo afetados pela queda constante no preço do boi. Com a diminuição do valor de venda, muitos estão enfrentando dificuldades financeiras e desespero. No entanto, Juliano tem uma informação importante que pode mudar o jogo a favor dos pecuaristas: é possível alterar o calendário de pagamento.

Segundo Juliano, muitos pecuaristas pegaram dinheiro no banco para comprar bezerros quando o preço da arroba estava na casa dos trezentos e vinte reais. Agora, com o preço de venda rondando duzentos reais ou até menos em alguns lugares, muitos acreditam que não há mais saída e ficam à mercê do banco. Mas a verdade é que é possível alterar o calendário de pagamento e ganhar um fôlego para respirar e pagar as contas.

Juliano enfatiza que isso não é uma escolha da instituição financeira, mas sim um direito do pecuarista. O bom relacionamento com o banco é importante, mas o primordial é se salvar e conseguir pagar as contas dentro da capacidade de cada um. “Já ouviu aquele ditado? Farinha pouca, meu pirão primeiro? Então não tenha medo. Enfrente o medo e reivindique o que é seu por direito”, aconselha Juliano. Ele ainda alerta para não deixar que ameaças do banco ou conversas fiadas atrapalhem o trabalho de desenvolver a atividade e crescer no próprio ritmo.

Veja o comentário completo do Doutor Juliano Quelho, no vídeo abaixo:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h