T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Pesquisadores do CPTEC/Inpe preveem duração do El Niño até o final do ano (ESTADÃO)

Compartilhe:

Pesquisadores do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam a formação do fenômeno El Niño nos próximos meses, o que pode aumentar as temperaturas e provocar estiagem em partes das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Já no outro extremo, em algumas partes da região Sul, o fenômeno deve causar excesso de chuvas. O El Niño é um fenômeno natural que se caracteriza pelo aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico.

Por outro lado, há possibilidade de volume expressivo de chuvas na região Sul. “Esta região apresenta um regime de chuvas mais homogêneo ao longo do ano. No verão, as tempestades típicas desta época do ano podem ocorrer e, com o possível desenvolvimento do El Niño, há chances de volumes expressivos de chuva em junho e julho”, previu o pesquisador.

Segundo o CPTEC/Inpe, as condições do El Niño devem persistir até o final de 2023. Mas Coelho alerta que, no atual período, a previsibilidade do El Niño é menor: “Estamos passando pelo período conhecido como ‘barreira de previsibilidade da primavera’ do hemisfério norte, um período caracterizado por habilidade preditiva um pouco menor das previsões do fenômeno El Niño, de modo a apresentarem maior incerteza em comparação com previsões realizadas após esse período”, afirmou.

Frente fria avança pelo Sul no final de semana

Os modelos meteorológicos continuam indicando o avanço de uma nova frente fria para o Sul do Brasil no final de semana. Até lá, no entanto, o Rio Grande do Sul terá mais um dia de temperaturas elevadas e tempo muito seco, segundo os dados mais recentes da MetSul.

Segundo a consultoria, áreas de instabilidade já são observadas no Uruguai e uma frente fria já está se deslocando pela região Central da Argentina. “No Sul do Brasil, uma massa de ar quente trazida por uma corrente de jato em baixos níveis da atmosfera favorece a alta temperatura”, afirma a consultoria.

De acordo com a previsão de temperatura do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) entre esta quinta e sexta-feira (26), as máximas devem ficar entre 28ºC e 32ºC.  “O ar quente trazido pelas correntes de vento de Norte proporciona mais um dia de temperatura alta para esta época do ano, o terceiro do veranico”, afirma a consultoria.

Veja o mapa de previsão de precipitação nos próximos dias: 

GIF 25-05-2023 09-40-17
Fonte: Inmet 

Além do Sul do Brasil, as temperaturas também continuam elevadas nas demais regiões do Brasil, com destaque no Centro-Oeste onde as temperaturas devem ultrapassar os 30ºC nas próximas horas. No norte do estado, as máximas podem chegar a 34ºC. No Sudeste, são previstas temperaturas entre 26ºC e 28ºC.

“Atenção para o ar seco, com níveis de unidade entre 21 e 30% no Distrito Federal no centro e norte de Goiás, e centro-oeste de Minas Gerais, na grande São Paulo e no interior paulista exceto no extremo norte do estado no Norte do Paraná, no oeste da Bahia, no extremo sul do Maranhão e do Piauí no Tocantins em Mato Grosso no centro oeste sul de Mato Grosso do Sul”, complementa a previsão da Climatempo.

Veja o mapa de previsão de temperaturas para os próximos dias: 

250523
Fonte: Inmet 
Por:  Virgínia Alves;  Fonte:  Notícias Agrícolas

El Niño: Risco para excesso de umidade no trigo e atraso no plantio da safra de verão no Sul do Brasil, aponta MetSul

Norte e Nordeste do Brasil podem ter intensos períodos de seca e temperaturas elevadas nos próximos meses

Por Estael Sias – Meteorologista – Metsul

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h