T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Plantio de milho atinge 55% da área no RS; no trigo, doença fúngica preocupa

O cultivo de milho no Rio Grande do Sul atingiu 55% da área prevista para a safra 2023/2024, que corresponde a 817.521 hectares. A Emater, responsável pelo levantamento, relata que as lavouras estão nas fases de germinação e desenvolvimento vegetativo. As regiões oeste, noroeste e norte do estado estão perto de concluir a semeadura. No entanto, nas regiões sul, central e nordeste, as chuvas excessivas prejudicaram o progresso do plantio, causando encharcamento e umidade excessiva no solo. Isso dificultou a operação de maquinaria agrícola e, em alguns casos, afetou negativamente a germinação das sementes. Quanto ao milho destinado à silagem, apenas cerca de 30% da área total de 364.291 hectares foi plantada.

A Emater também informa que o plantio de arroz está em estágios iniciais, com a maioria das regiões do estado enfrentando dificuldades devido às chuvas contínuas e inundações nas áreas de cultivo.

Quanto à colheita de trigo no estado, apenas 1% da área estimada foi concluída, principalmente na região noroeste. De acordo com a Emater, 18% das lavouras estão em maturação, 54% em enchimento de grãos e 23% em floração. Há preocupação crescente entre os produtores de trigo devido ao clima excessivamente úmido, que tem favorecido a propagação de doenças fúngicas, especialmente a giberela, durante os estágios críticos de floração e enchimento de grãos, o que ameaça o potencial de produção.

Fonte: Broadcast Agro

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h