T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Preço médio da gasolina nos postos sobe 5,8% na primeira semana de julho, diz ANP

Compartilhe:

(ESTADÃO) – O preço médio do litro da gasolina nos postos de abastecimento de todo o País subiu 5,8%, para R$ 5,67, na semana entre 2 e 8 de julho, informou nesta sexta-feira, 7, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na semana anterior, o preço médio do insumo foi de R$ 5,36 por litro.

A alta da gasolina no varejo reflete a volta integral da cobrança dos impostos federais PIS/Cofins sobre o produto desde o último dia 29. O aumento veio um pouco abaixo do estimado pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), que esperava aumento de R$ 0,34, em vez dos R$ 0,31 no preço do insumo.

O impacto da volta dos impostos ao consumidor seria ainda maior não fosse a redução praticada pela Petrobras nos preços válidos em suas refinarias, de aproximadamente R$ 0,14 por litro ou 5,3%, válida desde 1º de julho.

A volta do PIS/Cofins completa o ciclo de reoneração da gasolina, após cortes de impostos federais e estaduais no fim do governo Jair Bolsonaro (PL). O governo anterior promoveu ampla desoneração na tentativa de frear a inflação oficial do País em meio à corrida eleitoral. Desde o início, o novo governo, de Luiz Inácio Lula da Silva, deixou claro que haveria recomposição das cobranças para proteger a arrecadação da União e dos Estados.Em

junho, os Estados já tinham começado a cobrar uma alíquota fixa de ICMS sobre a gasolina, de R$ 1,22 por litro, o que já se refletiu nas bombas. Os efeitos da volta do ICMS também foram atenuados por cortes nos preços da Petrobras, dominante no mercado.

Etanol

O etanol hidratado também assistiu à volta dos impostos e, por isso, teve alta de 5,1%, saltando para R$ 3,93 por litro nesta semana, ante R$ 3,74 nos sete dias anteriores. A Abicom esperava aumento de R$ 0,22 em vez dos R$ 0,19 no caso do etanol.

Diesel e GLP

Livre dos impostos federais até o fim do ano, o diesel A S-10 registrou leve queda no preço médio apurado nos postos de abastecimento no início de julho, de 0,4%, para R$ 5,02 por litro ante R$ 5,04 na semana anterior, informou a ANP. O produto tem ficado estável nessa faixa de preço há semanas.

Já o gás liquefeito de petróleo (GLP) ou gás de cozinha também apresentou uma queda de 0,4% no preço médio do botijão de 13 quilos essa semana. O produto passou a custar, na média nacional, R$ 102,59 ante R$ 103,00 nos sete dias anteriores.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h