T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Rússia diz ter frustrado ataque de drone da Ucrânia próximo à sede da Defesa

Compartilhe:

(FOLHA) – A Rússia afirmou nesta segunda-feira (24) que a Ucrânia lançou dois drones sobre a sua capital, Moscou. O ataque se dá um dia depois de Volodimir Zelenski prometer retaliação pela sequência de ataques à cidade portuária de Odessa ocorridas desde o início da semana passada, após Vladimir Putin anunciar sua saída do acordo que permitia a exportação de grãos ucranianos pelo mar Negro. O mais recente deles, no domingo (23), deixou dois mortos e destruiu partes de uma catedral ortodoxa do século 19.

O Ministério da Defesa russo afirmou que não houve mortos ou feridos. Segundo a Tass, a agência de notícias estatal, um dos drones atingiu um centro de negócios na rua Likhatcheva, perto de uma das principais vias da cidade, enquanto o outro foi lançado sobre um local próximo à sede da pasta, em Komsomolski Prospekt —um alvo simbólico, onde os altos oficiais russos discutem os rumos daquilo que chamam ainda hoje, um ano e meio após o início da guerra, de “operação militar especial”.

O prefeito de Moscou, Serguei Sobianin, disse que os projéteis atingiram edifícios “não residenciais” por volta das 4h da manhã do horário local (22h em Brasília). Ele acrescentou que os serviços de emergência trabalhavam no local e repetiu o relato do Ministério da Defesa de que não houve vítimas.

A agência RIA Novosti publicou um vídeo de um arranha-céus que abriga um centro de negócios com alguns danos visíveis em sua parte superior. A via adjacente foi fechada.

A Rússia afirma que sua capital foi alvo de vários ataques de drones este ano. Um deles, datado de maio, teria atingido o Kremlin, sede do governo russo e um dos locais mais fortificados do mundo. Na época, o caso gerou suspeitas de que o caso seria uma operação de “bandeira falsa”, isto é, quando um país simula um ataque contra si mesmo para iniciar uma guerra, retaliar rivais ou escalar uma situação.

Mais recentemente, o início de julho, Moscou disse ter abatido cinco drones ucranianos que teriam sido lançados sobre o Aeroporto Internacional de Vnukovo, na capital.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h