T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Semana deve ter calor extremo nos estados do Sudeste e Centro-Oeste

Compartilhe:

(O GLOBO) – Uma massa de ar quente deve provocar calor extremo, raro durante o inverno, em vários estados do país durante essa semana. Segundo a MetSul Meteorologia, os estados do Sul derão os primeiros a verem a temperatura subir, mas o pior do calor está previsto para as regiões Sudeste e Centro-Oeste entre quarta e quinta-feira, com os termômetros chegando perto de 40 graus (40ºC) em várias cidades, em pontos que não costumam atingir essa temperatura máxima nem mesmo nos dias mais quentes de verão.

São Paulo deve registrar temperaturas entre 35°C e 40ºC em municípios do Norte e Oeste do estado, no litoral e no Vale do Ribeira. Na capital Paulista, os termômetros podem ficar entre 32ºC a 34ºC, com possibilidade de estabeler recorde mensal. No Mirante de Santana, onde é medida a temperatura oficial da cidade, o recorde de calor para um mês de agosto é de 33,1ºC, em 1952 e 1955. Na segunda colocação do ranking, aparece registro de 33ºC em 31 de agosto de 1963. Em períodos mais recentes, o maior calor para o mês ocorreu em 26 de agosto de 2021, quando os termômetros atingiram 32,8ºC.

A MetSul afirma que o calor será extremo também no Rio de Janeiro, com máximas à tarde de 36ºC a 39ºC em muitas cidades. Na cidade do Rio, na metade da semana diversos bairros podem ter máximas perto de 40ºC, podendo atingir 42ºC em alguns pontos na quinta-feira. Embora seja mais intenso na costa, mesmo na Região Serrana o dia será atipicamente quente.

Em Minas Gerais, grande parte do estado terá temperaturas entre 30ºC a 35ºC, com marcas de 37ºC a 40ºC no Norte do estado e nas cidades do Triângulo Mineiro, como Uberlândia e Uberaba.

A previsão para o Centro-Oeste é de dias tórridos. Na quarta, a previsão é de máximas entre 37ºC e 40ºC em grande parte do Mato Grosso do Sul e de 39ºC a 43ºC em quase todo o Mato Grosso. Em Goiás, as máximas em muitas cidades devem ficar entre 37ºC a 40ºC.

No Pantanal, os termômetros devem ficar entre 41ºC a 42ºC

No Sul do país os termômetros devem subir na terça-feira, com temperaturas entre 32ºC e 34ºC no Rio Grande do Sul. Não está descartada marca acima de 35ºC.

Em Santa Catarina, a previsão é de 32ºC a 34ºC na quarta-feira, mas no Sul do estado e no Vale do Itajaí pode fazer ainda mais calor, com os termômetros registrando entre 35ºC a 38ºC. No Paraná mas máximas ficam em torno de 30ºC, inclusive a região de Curitiba. No Norte do estado os termômetros podem marcar até 37ºC ou 38ºC

Estael Sias, meterologista da MetSul, explica que o calor será causado por um corredor de vento nas camadas baixas da atmosfera. “Em termos leigos, a corrente de jato em baixos níveis é uma corrente de ar estreita encontrada na baixa atmosfera, atuando entre um e dois quilômetros de altura”, escreve.

O corredor de vento, em geral, tem uma extensão de centenas de quilômetros, do Sul da região amazônica até a bacia do Rio da Prata ou o Rio Grande do Sul, para onde transporta ar quente, normalmente antes de frentes frias e ciclones.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h