T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

USDA: Clima nos EUA permite nova semana de bom avanço no plantio, mas começa a preocupar para desenvolvimento

Compartilhe:

“O plantio americano vem ocorrendo de maneira bem antecipada. Entretanto, o mercado está de olho no clima para as próximas semanas. Com a semente no solo, as chuvas são necessárias e segundo os modelos analisados durante o final de semana, as próximas quatro semanas devem ter precipitação abaixo do normal para o período e temperaturas elevadas”, afirma a Agrinvest Commodities.

Os números trazidos pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) no final da tarde desta segunda-feira (22) continuam apontando este cenário. O reporte informa que o plantio da soja estava concluído em 66% da área até este domingo (21), contra 49% da semana anterior,47% do mesmo período do ano passado e 52% de média plurianual. A expectativa do mercado era para os exatos 66%.

Ainda sobre a soja, o USDA informou que 36% das lavouras já germinaram, contra 20% da semana passada, 19% do mesmo intervalo em 2022 e 24% de média.

As fotos abaixo são da especialista internacional em commodities, Karen Braun, de lavouras de soja em alguns dos estados-chave de produção dos Estados Unidos. “Há vários estágios da soja nos EUA agora, mas a maior parte deles em boas condições. Em Minnesota e na Dakota do Sul, as plantas acabaram de despontar no solo”, diz.

Soja EUA 23-24 4

Soja EUA 23-24 3

Soja EUA 23-24 2

Soja EUA 23-24 1
Fotos: Karen Braun

Sobre o milho, o número apontado pelo USDA é de 81% de área plantada, também com bom avanço semanal de 16 pontos percentuais. O mercado apostava em 82%, Há um ano, neste mesmo período, a semeadura do cereal estava concluído em 69% e a média é de 75%. O reporte ainda apontou que 52% dos campos de milho já emergiram, contra 30% da semana anterior, 35% do ano passado e 45% de média.

EUA 23-24 4 - Foto Karen Braun

EUA 23-24 3- Foto Karen Braun

EUA 23-24 2 - Foto Karen Braun

EUA 23-24 - Foto Karen Braun

CLIMA NO CORN BELT

Os mapas climáticos atualizados nesta segunda-feira mostram que, de terça a sexta-feira, a maior parte do leste do Corn Belt deverá permanecer seco, enquanto alguns volumes de chuvas poderiam chegar às planícies no mesmo intervalo, como mostra o mapa abaixo, do NOAA, o serviço oficial de clima do governo americano.

72h - NOAA
Mapa: NOAA

Na sequência, para o período de 28 de maio a 1º de junho, nos próximos 6 a 10 dias, o NOAA prevê a manutenção das chuvas abaixo da média para o leste do cinturão, acima no oeste dos EUA, e temperatuaras acima da média.

Clima EUA 6 a 10 dias (2)
Chuvas previstas para 6 a 10 dias nos EUA – Mapa: NOAA
Clima EUA 6 a 10 dias
Temperaturas previstas para 6 a 10 dias nos EUA – Mapa: NOAA

E para o período dos próximos 8 a 14 dias, o cenário esperado é semelhante e começa a preocupar não só os produtores, mas também o mercado de grãos. Nesta segunda, os futuros tanto da soja, quanto do milho fecharam o dia com fortes altas, de mais de 2% na Bolsa de Chicago refletindo, entre outros fatores, o clima nas próximas semanas no Meio-Oeste americano.

Clima nos EUA 8 a 14 dias (1)
Chuvas previstas para 8 a 14 dias nos EUA – Mapa: NOAA
Clima nos EUA 8 a 14 dias (2)
Temperaturas previstas para 8 a 14 dias nos EUA – Mapa: NOAA

“Hoje, o mercado da soja vem retraindo cada vez mais a atenção dada à América do Sul e se voltando à América do Norte”, explicou o diretor da Pátria Agronegócios, Matheus Pereira. “De fato, agora eles estão vivenciando um clima favorável nesta reta final de plantio, são chuvas abaixo da média e temperaturas acima, ideal para o plantio nos EUA, por conta do elevado teor de argila, baixo de areia, que permite uma maior retenção de água”, detalha Pereira, que reforça que, para os produtores americanos, o excesso de chuvas poderia ser prejudicial para a semeadura.

No entanto, a partir deste dia 20 de maio, as janelas ideais tanto para a soja, quanto para o milho, começam a se fechar. Assim, os riscos – caso comecem a aparecer – se intensificam para as lavouras. “Assim, muita atenção a partir de agora, porque o que beneficia o plantio começa a se tornar um problema no radar. Então, o mercado nessaa semana ficou atento à qualidade do plantio, porém, esse mesmo cenário – de chuvas abaixo da média – pode ser um problema”, diz o diretor da Pátria.

Clique AQUI, entre no grupo do WhatsApp do Notícias Agrícolas e receba em primeira mão as principais notícias do agronegócio
Por:

Carla Mendes | Instagram @jornalistacarlamendes

Fonte:

Notícias Agrícolas

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h