T&D – Tempo e Dinheiro

Procura

Entrar

Procura

Vendas de cimento no Brasil caem 11,6% em abril, aponta Snic

Compartilhe:

SÃO PAULO (Reuters) – A venda de cimento no Brasil manteve em abril a tendência de queda vista no primeiro trimestre, impactada pela instabilidade econômica e alta dos juros, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela associação de fabricantes do insumo, Snic.

As vendas de abril caíram 11,6% na comparação com o mesmo mês do ano passado, para 4,6 milhões de toneladas, segundo os dados da entidade. No acumulado do ano, as vendas mostram retração de 3,4%, para 19,34 milhões de toneladas de cimento.

Os fabricantes de cimento passaram a trabalhar em abril com uma probabilidade de queda nas vendas em 2023, contra previsão de ligeira alta divulgada no início do ano, após a queda de cerca de 1% no volume comercializado do primeiro trimestre sobre o já fraco desempenho dos três primeiros meses de 2022. A performance do início de ano foi também abatida pelas fortes chuvas que atingiram o país.

A comercialização em abril recuou em todas as regiões do país na comparação anual, com destaque para as quedas de 15,2% no Norte e de 14,9% no Centro-Oeste. No Sudeste, maior mercado de cimento do país, houve recuo de 11,2%, seguido por reduções de 11,1% no Sul e de 8,9% no Nordeste, segundo os dados da entidade.

“A venda de materiais de construção segue em queda, assim como os lançamentos e financiamentos imobiliários, reflexo da alta taxa de juros e do baixo poder de compra da população”, afirmou o Snic em comunicado à imprensa.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site protegido contra cópia de conteúdo

Assine e descubra as notícias em primeira mão

O Tempo & Dinheiro tem o melhor custo benefício para você

AO VIVO: Acompanhe as principais notícias do dia na Record News

PRÓS E CONTRAS - 03/05/2023

JORNAL DA MANHÃ - 18/05/2023

VTV SBT - Ao vivo 24h